Medicina Oral

Medicina Oral

A Medicina Oral é uma área da Medicina Dentária que abrange as patologias que afetam e influencia a cavidade oral, cabeça e pescoço. É uma especialidade que implica não só a prevenção, mas também o diagnóstico e tratamento de doenças e condições que afetam os tecidos moles e duros da cavidade oral, de forma local e sistémica.

A consulta de Medicina Oral implica, entre outros, uma observação minunciosa da língua, mucosas, gengiva, glândulas salivares, na pesquisa de alterações da superfície, úlceras, quistos e tumores. Em caso de suspeita de lesão grave, o Médico Dentista poderá realizar uma biópsia para posterior análise da mesma.

 

Cancro Oral

A sua localização mais comum é no pavimento da boca (abaixo da língua) , bordo lateral da língua e no palato mole, estando associado a elevados índices de mortalidades devidos, em grande parte ao seu diagnóstico tardio.

O carcinoma da cabeça e pescoço é o 6º cancro mais comum em, sendo mais frequente nos homens, acima dos 45 anos de idade. Os principais fatores de risco são o alcóol e o tabaco, estando associado a um estilo de vida menso saudável.

 

Sinais e sintomas

Pode manifestar-se como uma mancha, de cor variável, geralmente branca ou avermelhada, uma massa mais ou menos endurecida ou uma úlcera que não cicatriza.

A maior parte das lesões são indolores na sua fase inicial, tornando-se progressivamente dolorosas.

  • úlceras persistentes, áreas endurecidas, áreas de crescimento tecidular, lesões que não cicatrizam, mobilidade dentária, dor, parestesia (perdas de sensibilidade), disfagia (dificuldade em deglutir), lesões brancas e vermelhas, linfadenopatia (gânglios linfáticos aumentados)
(Baseado nos folhetos informativos disponibilizados pela Ordem dos Médicos Dentistas)

 A chave do sucesso do seu tratamento é o diagnóstico precoce!