Tecnologia

Sedação Consciente

A sedação consciente é um procedimento que se pode fazer no consultório e consiste na administração controlada (por enfermeiro) de oxigénio e óxido nitroso através da via inalatória.
Possibilita uma maior sensação de relaxamento, reduzindo dessa maneira a percepção de dor e a ansiedade.
Deste modo torna-se possível efectuar tratamentos que de outra maneira e em alguns pacientes seria difícil ou mesmo tarefa impossível.
Quando utilizado em ambiente controlado e com monitorização de profissionais habilitados é extraordinariamente seguro,não produzindo efeitos secundários.

 

C.B.C.T (Cone Beam Computed Tomography) – TC

Técnica avançada de imagiologia, trata-se de um tipo especial de raio-X utilizado quando o Médico Dentista necessita maior precisão e quando as radiografias tradicionais não são suficientes. Serve fundamentalmente para fazer aquisições tridimensionais (3D) dos dentes, tecidos moles, nervos e outras estruturas.
Atualmente, é imperativo a sua requisição na cirurgia de colocação de implantes ou outras tipos de cirurgia permitindo, deste modo, antecipar eventuais problemas intra-intra-cirúrgicos e possibilitar melhor pós-operatório.

 

Microscópio Óptico e Lupas de Magnificação

Atualmente sabe-se que, na maioria dos procedimentos médicos e dentários, a resolução do olho humano pode não ser suficiente para a plena execução dos tratamentos.
Imbuídos nesse espírito, investiu-se em aumentar a visualização dos nossos procedimentos, quer através do Microscópio Ótico (ZEISS Pico), quer através da utilização de lupas de magnificação.
Através destes instrumentos, é possível uma visão e consequente atuação muito mais diferenciada, permitindo um menor trauma dos tecidos e trabalhar de uma maneira mais conservadora e menos invasiva.

 

Laser

 A utilização do laser foi, inicialmente, difundida em outras áreas médicas e na área estética sendo que sua utilização na Medicina Dentária é mais recente, mas sem dúvida uma mais valia para o profissional e especialmente para os utentes.
O laser pode ser aplicado em várias áreas e em vários tipos de intervenção, tais como cirurgia oral, periodontologia, medicina oral e estética.
No que se refere à cirurgia oral, a sua utilização permite um menor sangramento  durante a intervenção, auxilia o processo de coagulação, diminui / elimina a necessidade de sutura (pontos), diminui os danos nos tecidos circundantes e acelera o processo de cicatrização no pós-operatório.
Na área da periodontologia, o uso do laser permite realizar tratamentos ao nível estético como alongamento coronário , reformulação e correcção do sorriso gengival, frenectomia e remoção de fibroses.
Através da utilização do Laser é possível a realização de tratamentos com menor quantidade de anestesia, diminuindo desse modo a duração desagradável da dormência, conseguindo de igual maneira a adequada analgesia para levar a cabo os procedimentos.O seu efeito bactericida (eliminação de bactérias) aumenta também a sua eficiência e o número de tratamentos em que poderá estar indicado.

 

Aparelho Piezo

Estes aparelhos servem para fazer osteotomias (cortar osso) sem lesar os tecidos moles ( lábio, bochechas, nervos, vasos sanguíneos) aumentando deste modo a segurança do procedimento, diminuindo os riscos durante e após as cirurgias.