Odontopediatria

Traumatismo dentário – e agora o que fazer?

Os traumatismos dentários são acontecimentos relativamente frequentes na população juvenil em idade escolar.
Estes podem levar a danos irreparáveis na superfície dos dentes e nas estruturas adjacente tais como a língua, bochechas e lábios. Podem ir de uma simples fratura no esmalte até à total avulsão do dente da cavidade oral.

É fundamental saber como proceder no caso de um acidente destes para conseguir salvar o dente ou pelo menos diminuir os danos causados.
Quando se trata de um dente de leite, é necessário saber que este possuí uma raíz e que no seu interior existe um canal onde passam nervos e vasos sanguíneos (polpa), próximo desta raíz encontra-se o dente permanente que está em formação. Por este motivo, durante um trauma, há o risco do dente permanente poder ser atingido pela raíz do dente de leite.

Após o trauma o dente afetado pode ou não alterar a cor por isso é necessário que o médico dentista avalie cada caso para indicar qual o melhor tratamento a seguir.
O dente que sofre um traumatismo deve ser acompanhado clinicamente e radiograficamente por um período mínimo de um ano pois podem acontecer complicações decorrentes do impacto.

 

page2image1761728page2image1761280

VERONIQUE GOMES

Odontopediatria

Pós-graduada em Clínica Integrada Odontopediátrica, Cespu (2016).
Pós-graduada em Ortodontia Intercetiva odontopediatrica, Cespu (2017).
Formação em Sedação Consciente Inalatória com sistema Accutron, Maloclinic (2017).