Laser Dentário

Laser Dentário

O laser , aplicado à Medicina Dentária, pode ser utilizado em várias áreas, nomeadamente na cirurgia oral, endodontia, periodontologia, dentisteria, entre outras.  De forma geral, este permite um tratamento mais preciso da lesão e, devido à cauterização “instantânea” que este provoca nos vasos sanguíneos, a hemorragia é muito pouca ou ausente. Além disso,
a cicatrização dos tecidos ocorre mais rapidamente e com resultados estéticos superiores à técnica tradicional. Ao contrário do que se possa pensar, é um procedimento indolor que não trás qualquer incómodo ao paciente, sendo até mais rápido e fácil de executar que o tradicional. Este pode ser utilizado em casos cirúrgicos propriamente ditos ou então com diferentes propósitos tais como a bioestimulação e descontaminação, sendo parametrizado de acordo com o tipo de cirurgia, adaptado a  cada caso e a cada paciente.

As vantagens da utilização do laser, indicadas pela literatura e com cada vez mais enfâse na prática clínica, passam por :
• Regeneração e cicatrização dos tecidos mais rápida;
• Diminuição ou ausência de hemorragia;
• Diminuição da necessidade de anestesia;
• Diminuição ou ausência de sutura (pontos).

O laser tem indicação nos nos seguintes casos:
Tratamento de aftas;
Dessensibilização ( diminuição da sensibilidade dentária);
Despigmentação (diminuição de pigmento gengival);
Remoção de lesões orais como fibromas, epulis, mucocelo, entre outros;
Gengivectomia (melhoria do contorno gengival);
Frenectomia lingual ou labial (usada na ortodontia intercetiva, terapia da fala);
Tratamento de Herpes;

A terapia assistida por laser é uma opção de tratamento bem sucedida e co-adjuvante à terapia periodontal convencional.
liberação de fatores de crescimento [20-23].

Baseado nos protocolos clínicos da Medency Company- AplicaçõesLaser e  Lasers Med Sci (2012) 27:325–331(DOI 10.1007/s10103-010-0879-5